quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Atenção, 9º Ano!

Vêm aí os concursos de admissão ao Ensino Médio.
Hoje, abriram as inscrições para a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Cruz, da FIOCRUZ.
Acesse o edital em: http://www.processoseletivo.epsjv.fiocruz.br/
Aguarde o lançamento do edital do IFRJ (antiga CEFETEQ). Confira no link as provas anteriores e estude bastante.
http://200.20.215.200/c_emedtec_prova.php

Prepare-se! Queremos ver nossos alunos encaminhados para o Ensino Médio em uma boa escola!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Conhecendo nosso Patrono

Biografia de José do Patrocínio


 José Carlos do Patrocínio (9/10/1853 - 29/01/1905) era filho de uma escrava alforriada e do cônego João Monteiro. Aos 14 anos deixou a fazenda da família para tentar a vida no Rio de Janeiro, onde chegou a ingressar na Escola de Medicina. Ao fim de alguns anos, porém, abandonou o curso e formou-se em farmácia.
 Ainda estudante, fundou uma revista mensal, "Os Ferrões", onde começou a revelar seu talento em polêmicas políticas. Mais à frente, fez parte da redação de "A Gazeta de Notícias", onde escreveu diversos artigos de propaganda abolicionista.
 Não se limitou a lutar apenas por escrito pelo abolicionismo. Realizou conferências públicas, ajudou a fuga de muitos escravos, organizou núcleos abolicionistas, militando ativamente até o triunfo da causa, em 13 de maio de 1888.
 Após a proclamação da república, seu prestígio junto à sociedade da época caiu. Acabou afastado da vida pública. Seu jornal foi interditado e ele foi deportado para o  Amazonas, sob a acusação de ter participado de uma revolta contra o governo republicano. Libertado pouco tempo depois, afastou-se da vida pública, colaborando esporadicamente na imprensa.
 Patrocínio também escreveu obras de ficção, mas sem a repercussão nem o talento do jornalista. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras, ocupando a cadeira de no. 21, que tinha Joaquim Serra como patrono.
 Morreu pobre e esquecido.

Fonte: Adaptado da página de biografias do portal UOL.

Vamos descontrair com uma brincadeira bem legal?

Aproveite que as férias estão chegando e entre no clima de brincadeira.
Você pode jogar bola, soltar pipa, jogar vídeo-game... e também brincar em um jogo virtual, e super-educativo: o Soletrando.
Baseado no programa da TV, esse joguinho é uma boa oportunidade de testar seus conhecimentos sobre as palavras da língua portuguesa.
É só clicar na imagem e acessar o jogo!
Divirta-se!

domingo, 3 de julho de 2011

Faça um teste interessante!

Você já parou para pensar um pouquinho na sua trajetória como estudante? Falando sério: já parou para se auto-avaliar?
Cada um de nós é a melhor pessoa para dizer quem realmente somos, mas às vezes parar para se analisar não é lá uma tarefa tão fácil: é preciso reconhecer certas verdades, aceitar quem somos - e isso às vezes é um pouquinho complicado.
Que tal fazer um teste para descobrir que tipo de estudante é você? Sem cobrança, sem pressão... simplesmente para você se dar conta de que é muito mais que os outros julgam.
Vamos lá? Clique na imagem e faça o teste, promovido pelo site "Educar para crescer".

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Campanha contra o Bullying

Apesar de o tema ser bastante repetido, e ultimamente bastante divulgado na mídia, falemos sobre um grave problema das nossas escolas: o bullying.
Bullying é um termo em inglês usado para descrever comportamentos violentos - verbais ou físicos -, cuja maior consequência é o isolamento social da vítima, que passa evitar o contato com colegas, devidos aos sérios traumas psicológicos.
Aproveito para divulgar esse belo trabalho feito pelos alunos da Rede, da E. M. Rosa da Fonseca, que dão a sua versão para esse tema tão "batido", mas a que muita gente não dá importância. Quem supervisionou o trabalho dos alunos foi o professor Rafael Procópio, como eu, participante do curso do Cineclube.


Agora cabe uma grande reflexão, não é, pessoal?


Um pouquinho da história da EMJP

            HISTÓRICO DA ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ DO PATROCÍNIO

            A história da escola Municipal José do Patrocínio começa no dia 3 de outubro de 1962, quando o governo do então Estado da Guanabara inaugurou o Ginásio Industrial José do Patrocínio, na rua Gustavo de Andrade, 270, no bairro do Irajá, zona norte da cidade.
            Para dirigir a nova escola criada, entrou em ação a figura do hoje conhecidíssimo professor Albor Spártaco Artese, famoso por sua atitude pedagógica firme e marcante na vida de seus alunos. Com sua postura eloqüente, o professor Albor dirigiu o ginásio industrial desde sua fundação até 1989.
            Em 1989, a professora Rosalice Cunha passou a dirigir a Escola Municipal José do Patrocínio, como passou a ser denominado o antigo “ginásio do professor Albor”, até 1992. Após esse período, Izzi Souza ocupou o cargo de diretora da escola, até 2002, sendo substituída pela professora Leila Pereira, detentora da função até 2005. Atualmente, Sonia Arrabal dirige a unidade escolar, auxiliada pela diretora adjunta, Ana Maria dos Santos Alves.
            A Escola Municipal José do Patrocínio sempre apresentou uma trajetória pioneira. Inaugurada como ginásio industrial, como já dissemos, ofereceu uma educação diferenciada para os alunos da década de 60 da zona norte do Rio de Janeiro. Nossa unidade também foi a primeira escola da atual rede municipal a implantar os projetos de Informática Educativa.   Além disso, nossos alunos sempre marcaram presença nos festivais promovidos pela Secretaria Municipal de Educação, tendo uma equipe de professores qualificados, alguns dos quais orgulhosos ex-alunos da escola. Assim, a banda escolar, o coral, a orquestra de flautas, a equipe esportiva participante das edições dos Jogos Estudantis são algumas das atividades oferecidas que impulsionam a notoriedade de nossos alunos. Atualmente, nossa unidade escolar atende a 800 alunos, todos pertencentes ao segundo segmento do Ensino Fundamental.
            Como Unidade de Extensão, conta-se com a parceria do Pólo de Educação pelo Trabalho José do Patrocínio, coordenado pelas professoras Auberisse Barcellos e Ester França, que oferece várias atividades extra-escolares aos alunos da rede municipal.
            Assim como o patrono, José do Patrocínio, figura de grande valor social, político e cultural da vida brasileira, nossa escola ruma em busca da plena educação de nossa juventude, fomentando o espírito crítico, o desenvolvimento do conhecimento e a participação efetiva na vida do país.

E você? O que tem a contar sobre a nossa escola?
Poste nos comentários, para que possamos fazer outro post com as suas opiniões!

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Primeirão

Atenção, alunos, professores e funcionários da Família José do Patrocínio!
Eis que nosso espaço virtual acaba de ser inaugurado!